Curso de Design em Permacultura (PDC) 2021

O PDC (Curso de Design em Permacultura)

ou Permaculture Design Course, em inglês, consiste atualmente no principal meio de difusão da Permacultura no mundo. O curso é constituído por um currículo padrão de 72 horas, concebido pelo Instituto de Permacultura da Austrália, e baseado no conteúdo do livro PERMACULTURE: A Designer’s Manual, de autoria de Bill Mollison, ainda sem tradução para o português.

As aulas teóricas e oficinas são ministradas nas unidades demonstrativas onde os participantes podem visualizar sistemas permaculturais em pleno funcionamento, facilitando assim os processos de aprendizagem e inspiração. O formato modular do curso permite a participação de pessoas sem disponibilidade durante a semana, além de permitir um maior tempo para o aprofundamento e a assimilação dos conhecimentos.

Ah! Vale lembrar que a alimentação deliciosa e o clima de descontração e informalidade dão um toque especial!

Portanto, seja muito bem vind@!

O Instituto de Permacultura e Ecovilas do Ceará – IPC

vem atuando desde 2010 na realização de PDCs, tendo formado mais de cem permacultoras e permacultores. Ao longo dessa trajetória, vem acumulando expertise na realização do curso, buscando sempre seu aperfeiçoamento, sua adequação à realidade local, sem perder, contudo, a fidelidade ao currículo original. Para tanto, o IPC conta com instrutores com formação na Austrália (em PDC ministrado por Bill Mollison e Geoff Lawton), bem como na ecovila Findhorn, Escócia-UK, no IPEMA, IPEC e no próprio IPC.

Como participar

Para garantir sua vaga no Curso basta preencher o Formulário de Inscrição, efetuar o pagamento da contribuição ao Instituto e enviar cópia do comprovante de pagamento para o e-mail do IPC, conforme os seguintes passos:

1

Preencher o Formulário de Inscrição

clique no botão abaixo

2

Pagar a contribuição

Você pode pagar à vista, por meio de depósito em conta corrente do IPC ou com cartão de crédito por meio do PagSeguro, onde há diversas opções de parcelamento.

3

Enviar o comprovante

de pagamento para o e-mail permacultura.ceara@gmail.com ou para o Whatsapp 85 98646.2594 ou 98689.4760.

Valores

• À vista: (Transferência ou depósito)
até 15/01: R$
até 31/01: R$
até 15/02: R$
até 29/02: R$

Conta corrente do IPC: Banco do Brasil, Agência: 3.474-6; Conta Corrente: 36.354-5

• Parcelado: (Via PagSeguro)
R$

• Os valores apresentados são para o curso completo (todos os quatro módulos) e incluem despesas com alimentação. Custos com transporte para o local do curso correrão em separado, por conta de cada participante.

• Após conferido por nossa equipe a inscrição e o pagamento, você receberá uma mensagem confirmando a inscrição no Curso. A verificação do pagamento não é imediata, portanto a mensagem de confirmação poderá levar algum tempo para chegar ao seu Email.

•Em caso de dúvidas, basta nos contatar pelos telefones abaixo.

(85) 98646.2594 (Whatsapp)
(85) 98689.4760 (Whatsapp)

Conteúdo Programático

– Introdução, Padrões
– Ecologia, Fatores climáticos
– Métodos de Design
– Solos, Trabalhos em Terra
– Produção de alimentos
– Construções naturais
– Água e saneamento
– Estratégias Sociais, Permacultura Urbana
– Apresentação dos designs elaborados pelos participantes

Obs: Em, todos os dias, os horários das aulas serão de 8h00 a 12h00 e de 13h30 a 17h30;

Os certificados de conclusão do curso são emitidos somente para participantes que comparecerem a todos os módulos do curso e entregarem os Designs finalizados.

Maiores detalhes sobre a participação no Curso serão repassados por email aos participantes com inscrição confirmada.

Instrutores

Cada curso de Design em Permacultura do IPC envolve um determinado conjunto de instrutores, sendo que abaixo segue a relação completa do IPC.

Ângela Araújo

Permacultora com experiência na condução de ações e projetos permaculturais, sua formação em Permacultura foi realizada em Fortaleza em 2000 e no Instituto de Permacultura e Ecovilas do Cerrado – IPEC em 2004. Ângela é graduada em Serviço Social, pós-graduada em Sociologia e em Gestão Ambiental. Foi professora da Unifor, onde lecionou as disciplinas de Sociologia e Psicologia Ambiental. Foi coordenadora pedagógica e de gestão ambiental do Projeto Hortas Escolares, desenvolvido em escolas da rede municipal de ensino, em Fortaleza. É sócia fundadora do IPC, tendo colaborado na organização e realização dos PDCs realizados pelo Instituto. Desenvolve práticas permaculturais no Sítio Quietude, em Mulungu/CE. Atualmente também desenvolve ações no movimento ecológico de arborização e conservação de espécies nativas de Fortaleza.

Luiz Torres

Permacultor, construtor ecológico, agricultor e apicultor. Parte de sua formação em Permacultura foi realizada na Austrália e na Ecovila de Findhorn, na Inglaterra. Formação em agrofloresta. No Ceará atuou como permacultor no Projeto de Sussui (INEC), participando na sua implantação e construção do processo inicial. Rodou de Bicicleta pela Europa e pedalou do Nordeste ao Sul do Brasil, divulgando a permacultura. Construtor e idealizador do Espaço Multiverso, local para formação e realização de atividades socioeducativas, culturais e de educação ambiental, localizado no bairro Caiçara de Baixo, em Cruz – CE. Sempre buscando seguir os princípios da Permacultura, produz e beneficia mel e diversos outros produtos, principalmente os derivados do cajú, em seu sítio permacultural às margens da lagoa da Jijoca de Jericoacoara, no bairro da Sambaíba, em Cruz/CE.

Marcelo Sindeaux

Formação de Permacultura na Austrália em 2009, onde foi aluno de Bill Mollison e Geoff Lawton. Possui Especialização em Permacultura e Educação para Sustentabilidade promovido pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). É idealizador e administrador da Unidade Permacultural “Floresta”, em Eusébio/CE. Técnico em Edificações pela Escola Técnica Federal do Ceará – ETFCE, graduado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual do Ceará – UECE. Trabalha atualmente no Banco do Nordeste, como técnico de campo. Marcelo é sócio fundador do IPC.

Marco George

Formação em Permacultura por meio de PDC realizado na Meruoca-CE em 2011 com os instrutores Jorge Timmermann e Suzana Maringoni, da Rede Permear. É Designer, Ambientalista e Bioconstrutor que vem estudando e praticando Permacultura desde 2010. Integra a Diretoria do Instituto e atualmente está experimentando práticas permaculturais juntamente com sua companheira Eveline Silva, no Eco Sítio Juazeiro, em Eusébio-CE, local de produção constante e ponto de encontro de amigos para práticas permaculturais realizadas em mutirões. Juntos estão sempre aperfeiçoando o design do sítio e aprendendo muito a cada dia.

Maria Clevandira Dias Mota

Formação em Permacultura pelo Instituto de Permacultura e Ecovilas da Mata Atlântica – IPEMA, de São Paulo. Tem graduação em Ciências Sociais pela UNIFOR e duas especializações, no Curso de Formação Política da UFC e em Relações Humanas e Dinâmicas Grupais nas Organizações, Escola e Trabalhos Comunitários, da Universidade do Vale do Acaraú (UVA) e do Centro de Desenvolvimento Humano (CDH). Apresenta ainda formações em Biodança, pela Escola de Biodança do Ceará, e em Educação e Desenvolvimento em Idade Pré-Escolar, por dois Institutos Pedagógicos de Havana, Cuba. Como experiência profissional, trabalhou em diversas iniciativas de ação social e educação ambiental junto a órgãos públicos e terceiro setor. É sócia fundadora do IPC.

Maria Eugênia Fraga Brasil

Tem formação em Permacultura pelo IPC e Especialização em Permacultura e Educação para Sustentabilidade pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). É sócia fundadora do IPC e tem colaborado na organização dos PDCs e outros cursos, oficinas e mutirões realizados pelo Instituto. É co-proprietária do Sítio da Janaguba, em Eusébio-CE, Unidade Demonstrativa do IPC, onde vive com seu esposo Mario Fraga e sua filha Alice. Jornalista de formação acadêmica, atua na profissão com ênfase no jornalismo comunitário e assessoria de imprensa ambiental. Possui experiência em assessorias de ONGs além de gestão ambiental em órgão público. Atualmente compõe a Diretoria do Instituto.

Mário Fraga

Formação em Permacultura na Austrália, onde foi aluno de Bill Mollison e Geoff Lawton no Curso de Design em Permacultura – PDC realizado em Melbourne, Austrália, em 2009. Acumula experiência em implantação de Sistemas Agroflorestais com base nos ensinamentos de Ernst Götsch, Tem se dedicado à formação em permacultura e à elaboração de projetos permaculturais. É co-proprietário do Sítio da Janaguba, em Eusébio, CE, para onde mudou-se com sua esposa Maria Eugênia, também Permacultora, e sua filha Alice. Mario Fraga é engenheiro agrônomo, especialista em avaliação ambiental de projetos, mestre em Ecologia, e trabalha no Banco do Nordeste. Mario também é sócio fundador do IPC e atualmente é Presidente do Instituto de Permacultura e Ecovilas do Ceará.

Ângela Araújo

Permacultora com experiência na condução de ações e projetos permaculturais, sua formação em Permacultura foi realizada em Fortaleza em 2000 e no Instituto de Permacultura e Ecovilas do Cerrado – IPEC em 2004. Ângela é graduada em Serviço Social, pós-graduada em Sociologia e em Gestão Ambiental. Foi professora da Unifor, onde lecionou as disciplinas de Sociologia e Psicologia Ambiental. Foi coordenadora pedagógica e de gestão ambiental do Projeto Hortas Escolares, desenvolvido em escolas da rede municipal de ensino, em Fortaleza. É sócia fundadora do IPC, tendo colaborado na organização e realização dos PDCs realizados pelo Instituto. Desenvolve práticas permaculturais no Sítio Quietude, em Mulungu/CE. Atualmente também desenvolve ações no movimento ecológico de arborização e conservação de espécies nativas de Fortaleza.

Luiz Torres

Permacultor, construtor ecológico, agricultor e apicultor. Parte de sua formação em Permacultura foi realizada na Austrália e na Ecovila de Findhorn, na Inglaterra. Formação em agrofloresta. No Ceará atuou como permacultor no Projeto de Sussui (INEC), participando na sua implantação e construção do processo inicial. Rodou de Bicicleta pela Europa e pedalou do Nordeste ao Sul do Brasil, divulgando a permacultura. Construtor e idealizador do Espaço Multiverso, local para formação e realização de atividades socioeducativas, culturais e de educação ambiental, localizado no bairro Caiçara de Baixo, em Cruz – CE. Sempre buscando seguir os princípios da Permacultura, produz e beneficia mel e diversos outros produtos, principalmente os derivados do cajú, em seu sítio permacultural às margens da lagoa da Jijoca de Jericoacoara, no bairro da Sambaíba, em Cruz/CE.

Marcelo Sindeaux

Formação de Permacultura na Austrália em 2009, onde foi aluno de Bill Mollison e Geoff Lawton. Possui Especialização em Permacultura e Educação para Sustentabilidade promovido pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). É idealizador e administrador da Unidade Permacultural “Floresta”, em Eusébio/CE. Técnico em Edificações pela Escola Técnica Federal do Ceará – ETFCE, graduado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual do Ceará – UECE. Trabalha atualmente no Banco do Nordeste, como técnico de campo. Marcelo é sócio fundador do IPC.

Marco George

Formação em Permacultura por meio de PDC realizado na Meruoca-CE em 2011 com os instrutores Jorge Timmermann e Suzana Maringoni, da Rede Permear. É Designer, Ambientalista e Bioconstrutor que vem estudando e praticando Permacultura desde 2010. Integra a Diretoria do Instituto e atualmente está experimentando práticas permaculturais juntamente com sua companheira Eveline Silva, no Eco Sítio Juazeiro, em Eusébio-CE, local de produção constante e ponto de encontro de amigos para práticas permaculturais realizadas em mutirões. Juntos estão sempre aperfeiçoando o design do sítio e aprendendo muito a cada dia.

Maria Clevandira Dias Mota

Formação em Permacultura pelo Instituto de Permacultura e Ecovilas da Mata Atlântica – IPEMA, de São Paulo. Tem graduação em Ciências Sociais pela UNIFOR e duas especializações, no Curso de Formação Política da UFC e em Relações Humanas e Dinâmicas Grupais nas Organizações, Escola e Trabalhos Comunitários, da Universidade do Vale do Acaraú (UVA) e do Centro de Desenvolvimento Humano (CDH). Apresenta ainda formações em Biodança, pela Escola de Biodança do Ceará, e em Educação e Desenvolvimento em Idade Pré-Escolar, por dois Institutos Pedagógicos de Havana, Cuba. Como experiência profissional, trabalhou em diversas iniciativas de ação social e educação ambiental junto a órgãos públicos e terceiro setor. É sócia fundadora do IPC.

Maria Eugênia Fraga Brasil

Tem formação em Permacultura pelo IPC e Especialização em Permacultura e Educação para Sustentabilidade pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). É sócia fundadora do IPC e tem colaborado na organização dos PDCs e outros cursos, oficinas e mutirões realizados pelo Instituto. É co-proprietária do Sítio da Janaguba, em Eusébio-CE, Unidade Demonstrativa do IPC, onde vive com seu esposo Mario Fraga e sua filha Alice. Jornalista de formação acadêmica, atua na profissão com ênfase no jornalismo comunitário e assessoria de imprensa ambiental. Possui experiência em assessorias de ONGs além de gestão ambiental em órgão público. Atualmente compõe a Diretoria do Instituto.

Mario Fraga

Formação em Permacultura na Austrália, onde foi aluno de Bill Mollison e Geoff Lawton no Curso de Design em Permacultura – PDC realizado em Melbourne, Austrália, em 2009. Acumula experiência em implantação de Sistemas Agroflorestais com base nos ensinamentos de Ernst Götsch, Tem se dedicado à formação em permacultura e à elaboração de projetos permaculturais. É co-proprietário do Sítio da Janaguba, em Eusébio, CE, para onde mudou-se com sua esposa Maria Eugênia, também Permacultora, e sua filha Alice. Mario Fraga é engenheiro agrônomo, especialista em avaliação ambiental de projetos, mestre em Ecologia, e trabalha no Banco do Nordeste. Mario também é sócio fundador do IPC e atualmente é Presidente do Instituto de Permacultura e Ecovilas do Ceará.

Entre em Contato

5 + 5 =

Endereço: Sítio Janaguba – Eusébio/CE
Cel 1: (85)98646.2593
Cel 2: (85)98646.2594
Cel 3: (85) 98632.4395
Cel 4: (85) 98689.4760
Email: permacultura.ceara@gmail.com